quarta-feira, 8 de abril de 2015

Há ETs na Terra trabalhando com os EUA

Bom saber que o mundo está de olho nos visitantes extraterrestres.

Matéria no portal UFO mostra que autoridade japonesa pronunciou-se sobre o assunto.


Ministro da Defesa do Japão fala sobre UFOs

Falando no parlamento, autoridade de defesa afirma que norma é enviar aeronaves para investigar objetos não identificados


O Ministro da Defesa do Japão, Gen Nakatani, foi questionado em visita ao Parlamento daquele país se as aeronaves de sua Força de Autodefesa já foram enviadas para interceptar visitantes alienígenas, ou se os militares conduzem investigações a respeito. A pergunta foi feita pelo deputado Antonio Inuki, ao que Nakatani respondeu: "Quando a Força Aérea de Autodefesa detecta indicações de um objeto voador não identificado que possa violar nosso espaço aéreo, envia caças para realizar uma observação visual".

Porém, o Ministro negou que os militares de seu país já tenham encontrado aienígenas: "Algumas vezes são detectados pássaros ou objetos voadores que não sejam aeronaves, mas não conheço qualquer caso de interceptação de um objeto voador não identificado que se poderia afirmar que veio de qualquer lugar além da Terra". Em dezembro de 2007 outro Ministro da Defesa, Shigeru Ishiba, também foi questionado pelo Parlamento a respeito de como a força Aérea de Autodefesa responderia ao aparecimento de UFOs. Ele respondeu: "Não temos como negar que existem objetos voadores não identificados, talvez comandados por outra forma de vida. Ocorreram poucas discussões a respeito de como esse tipo de evento se enquadraria em nossas leis, para uma resposta militar".

Ishiba chegou a afirmar na ocasião que, caso os supostos visitantes espaciais não demonstrassem hostilidade, a Força de Defesa do Japão não iria engajá-los militarmente: "Se eles descessem afirmando terem vindo em paz, isso não seria considerado um ataque contra nosso país. Porém há o problema de como podemos deixar claras nossas intenções, se eles não entendem o que dizemos?". A outra questão apresentada pelo deputado Inuki, se os militares japoneses conduzem estudos sobre UFOs e extraterrestres, não teve resposta de Nakatani. A maior probabilidade é que este seja um assunto altamente classificado, e vale lembrar que os Estados Unidos são o mais próximo aliado do Japão em questões militares.

http://www.ufo.com.br/noticias/ministro-da-defesa-do-japao-fala-sobre-ufos

ACONTECEU


A afirmação foi feita pelo ex-ministro de defesa do Canadá. Paul Hellyer afirmou reconhecer ao menos quatro espécies de seres extraterrestres que habitariam o planeta, em matéria publicada em maio de 2013, no portal Terra e outros sites de notícia pelo mundo afora.



Há ETs vivos na Terra neste momento, e pelo menos dois deles provavelmente trabalham com o governo dos Estados Unidos.” A declaração do ex-ministro da Defesa do Canadá Paul Hellyer, 89 anos, foi feita durante uma audiência pública sobre a existência de vida extraterrestre realizada em Washington, D.C. Diversos ex-senadores e membros da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos ouviram depoimentos de especialistas e testemunhas entre os dias 29 de abril e 3 de maio.

Paul Hellyer é um conhecido defensor da existência de extraterrestres. Em 2005, ele declarou abertamente que acredita em UFOs (objetos voadores não identificados), o que gerou grande repercussão no Canadá. Como ministro da Defesa Nacional canadense, em 1963, Hellyer foi responsável pela controversa integração entre o Comando Marítimo das Forças (Marinha), o Comando das Forças Terrestres Canadenses (Exército) e a Força Aérea Real do Canadá (Aeronáutica) em uma única organização: as Forças Armadas Canadenses.
Hellyer é o mais antigo membro do Conselho Privado da Rainha para o Canadá - que funciona como uma espécie de gabinete ministerial na monarquia constitucional do país. Ele afirma que passou a acreditar em óvnis quando teve uma experiência com sua mulher e amigos durante uma noite. Apesar de não ter levado muito em consideração quando viu o UFO, segundo seu relato, ele disse que manteve a cabeça aberta e passou a tratar o assunto - pelo qual se interessou há cerca de 10 anos - com seriedade.
“UFOs são tão reais quanto os aviões que voam sobre as nossas cabeças", afirmou o político canadense no segundo dia de audiência. Ele fez parte de um grupo de 40 pesquisadores internacionais e testemunhas - entre militares e cientistas - que testemunharam suas experiências extraterrestres diante de seis ex-membros do Congresso americano na audiência pública não governamental encerrada na semana passada.
O ex-ministro da Defesa canadense afirmou ainda que investigações apontaram a existência de "pelo menos quatro espécies (extraterrestres) que têm visitado a Terra há milhares de anos" - com o que ele concorda. Houve também declarações sobre como diversos presidentes dos Estados Unidos demonstraram grande interesse sobre óvnis e, em alguns casos, tentaram sem sucesso obter informações específicas sobre a veracidade de casos extraterrestres.