quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

ALINHAMENTO: O QUE ESTÁ ACONTECENDO NO UNIVERSO

Além do assunto sobre OVNIs alguns fatos que foram destaque pelo mundo afora nos últimos dias.
Nada com o fim do mundo da forma que alguns teimam afirmar decretada pelo calendário Maia.




Simulação no site http://sunaeon.com/ mostra a disposição dos planetas em seu espaço no universo neste dia 21.



Matéria na RIC Record Xanxerê 

sobre o dia 21/12/12 

















http://ricmais.com.br/sc/videos/?categoria=2&video=c9f9b8a7a8a73b1e4eecd053b00cd11b





Alinhamento

Em 21 de dezembro o Sol atinge a maior declinação medida a partir da linha equador, quando se inicia o verão no hemisfério sul e inverno no hemisfério norte. Além disso, em 2012 estaremos praticamente no ápice do ciclo da máxima atividade solar, com maior quantidade de tempestades geomagnéticas ocorrendo no planeta. Juntando essas duas coincidências ao fato de que em 21 de dezembro sempre ocorre o segundo "alinhamento" anual entre o Sol, Terra e centro galáctico, fica fácil entender por que essa data foi escolhida como dia final.
Fonte: http://www.apolo11.com





Camada de ozônio
Ontem, ao receber telefonema do agricultor Alcindo Savaris, de Rancho Grande, Ouro/SC, pediu para comunicar que neste dia 21 o alinhamento previsto, será observado muito melhor pelos astrônomos e quem dispõe de equipamentos sofisticados pela abertura da camada de ozônio. O que é um problema para a humanidade vai possibilitar a melhor visualização desse movimento dos astros. Segundo Savaris essa "cratera" aberta na camada de ozônio vai ser um canal para mostrar outros eventos lá de fora. Segundo ele, em janeiro novas revelações devem ser anunciadas, segundo as informações que recebeu do seu contato extraterrestre da longínqua Onris, fora do nosso sistema solar.




++++++++++++++++++++++
___________________________________________



OVNI  em forma de nuvem na África do Sul


De acordo com o site sul africano lifeissavage.com, inúmeras pessoas avistaram um OVNI nos redores da Cidade do Cabo.

O OVNI parecia como uma nuvem iluminada e o evento ocorreu às 20h30min da noite de 12 de dezembro, podendo ser visto por vários minutos.

Pessoas nas regiões de Franschhoek, Gansbaai e Storms River também avistaram o objeto.



Assista o vídeo do objeto clicando no link abaixo:


---------------------------

                               +++++++++++++++++++


Estranhas nuvens em Ancara, na Turquia


Estranhas nuvens alaranjadas aparecem sobre a cidade de Ancara, na Turquia, em 14/12/2012, fazendo com que muitas pessoas a chamasse de portal interestelar.

Aos 21 segundos do vídeo pode-se notar um objeto passando sob as nuvens mas, devido a resolução do vídeo, não há como definir que tipo de objeto seja.

Embora a formação de nuvens tenha possivelmente sido natural (nuvem lenticular), ela chamou a atenção de muitas pessoas.












---------------------------



                               +++++++++++++++++++

ETs podem estar se comunicando conosco através do piscar das estrelas


Lucianne Walkowicz, astrofísica com pós-doutorado pela Universidade de Princeton, quer conduzir uma procura por inteligência extraterrestre, não fazendo algo convencional, como escutar ondas de rádio vindas de outros sistemas solares.  Ela quer ver se os ETs estão manipulando a luz vinda de suas estrelas.
Graças ao programa intitulado “New Frontiers in Astronomy and Cosmology” (Novas Fronteiras em Astronomia e Cosmologia), financiado pela fundação John Templeton e administrado pela Universidade de Chicago, Walkowicz terá uma chance de testar sua tese.
As chances de uma descoberta pela utilização do projeto de Walkowicz podem ser poucas, mas a técnica de pesquisa é bem direta.  Ela diz: “Nossa premissa é que até agora tivemos idéias precipitadas do que um sinal deveria ser para o SETI“.  Ele basicamente seria o tipo de sinal que sabemos criar e, de forma compreensível deveria ser assim, já que a procura por um sinal de alguma tecnologia inteiramente incompreensível seria difícil de entender.
Se os alienígenas forem tão avançados, eles poderiam causar mudanças no piscar de suas estrelas, porém, não importaria como eles conseguiriam fazer isso, e seria fácil o suficiente de ver com nossa tecnologia atual.  Na verdade, diz Walkowicz, “nossa premissa foi, ‘e se nós já detectamos um sinal, mas não o vimos devido às nossas pré-concepções?‘”.
Walkowicz e seus co-investigadores propuseram olhar através de sinais em potencial: os arquivos da missão Kepler, que tem estado, desde 2009, procurando no espaço por estrelas que estejam piscando, devido as órbitas de seus planetas estarem fazendo com que os mesmo passem na frente de suas luzes.  O Kepler também vê estrelas que estão piscando porque possuem manchas solares, ou porque estão sendo obscurecidas por outras estrelas, ou ainda porque elas aumentam e diminuem seus brilhos naturalmente por si mesmas.
O que Wlakowicz e sua equipe farão é usar algoritmos de software para procurar por padrões anômalos de variabilidade. “Obteremos todo os tipos de coisas que compreendemos“, diz ela, “mas também estaremos procurando por coisas que não combinam, de acordo com os processos de física já conhecidos“.  Naturalmente, eles tentarão primeiro explicar estas variações anormais dentro da física convencional -  e, de fato, a descoberta de novos tipos de variações estelares poderiam ser um benefício colateral valioso do projeto.
Uma vez que ela e sua equipe tiverem descartado todas as explicações naturais plausíveis das estranhas variações nos brilhos, eles serão forçados a considerar a possibilidade de que realmente ETs estão chamando.
O que nos levaria a dizer que seja realmente um sinal alienígena?“, ele pergunta.  “Eu não sei, mas para mim, [o fato de] encontrar coisas que você não possa explicar é interessante, seja lá o que for…
n3m3

Confira mais notícias: http://ovnihoje.com/     -   http://www.ufo.com.br/

Alguns videos sobre Ovnis.