segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Caso Tasca completa 32 anos

Escrever o que, falar sobre o assunto, torna-se repetitivo, mas não poderia deixar de falar um pouco do fato ocorrido em 14 de dezembro de 1983, em Chapecó/SC, quando Antônio Nelso tasca teve sua condição de vida modificada ao manter contato com extraterrestres.

Parece pouco(?) parece nada(?), parece que a humanidade não está nem aí para o que nos reserva e nos da a oportunidade de aceitar e entender sobre a nossa condição de seres humanos mortais, e que estamos sendo acompanhados de longe e bem de perto por inteligências, - irmãos das estrelas, que observam nossas ações, da humanidade em geral, do que fazemos com nosso planeta, fontes de energia, e com a própria humanidade.
Algo está acontecendo silenciosamente, mas é melhor não saber, pois porque se envolver em assunto que não nos diz respeito. É isso que muitos pensam. Podemos visitar quem quisermos em outras cidades usando carros, aviões, navios, e porque não aceitar a visita de quem vem de longínquos horizontes,ou que já estão aqui, em mundo paralelo ao nosso, habitando o interior da Terra, deixando sinais em plantações de cereais...

Pense, reflita, se houver um tempo olhe para as estrelas, elas estão sempre aí. Quem sabe um sinal virá do alto para mostrar quem somos.

Falando em sinal, Tasca retornou de seu contato com um sinal... e uma mensagem...

Advertências da Mensageira Cabalá, do Mundo de Agalí, para todos os povos da Terra:”
É preciso que sejam imediatamente desativadas as armas de guerra capazes de acabar com qualquer espécie de vida aqui existente. Além de toda a sua apavorante e mortífera devastação, uma guerra nuclear total colocará a Terra fora da sua rota celeste e causará graves distúrbios à vida de mundos vizinhos, alguns em dimensões que o homem terrestre ainda desconhece.
É preciso que sejam abolidas as dominações políticas, econômicas e financeiras de nações sobre nações. O imperialismo contraria o direito de igualdade dos povos e se constitui numa nova e solerte modalidade de escravização.
É preciso que sejam preservadas a essência da vida humana e as suas funções naturais de reprodução. Em estrelas próximas e noutras inatingíveis ao homem atual, a vida surgiu do sopro do Eterno-Espírito-Criador de todas as coisas – Deus -, razão pela qual não deve ser objeto de experiências imponderáveis, porque estas terminarão em desastre genético irreversível.
É preciso que, dentro do mais rigoroso critério de justiça e moral, com vistas para a solução dos problemas sociais resultantes da prolificação humana desordenada, sejam instituídos órgãos que, por vias científicas naturais, planejem e executem programas de controle populacional e de melhoramento biológico do homem.
É preciso que o homem conquiste outros mundos do Universo e ali encontre lugares adequados para as suas futuras emigrações e novas fontes de energia e subsistência. Mas antes deve conquistar o seu próprio mundo, desvendando-lhe os enigmas que ainda existem na terra, no mar e no ar; conservando-lhe os elementos naturais de vital importância, defendendo-o da sutil pirataria do exterior e curando-lhe as imperfeições humanas do corpo, da mente e do espírito.
É preciso que, atendidas estas exortações, a Humanidade esteja preparada para o período de extraordinários acontecimentos de que a Terra será palco, dentro de pouco tempo. Os grandes eventos serão prenunciados por estranhas manifestações telúricas e sinais celestes de magnífico esplendor e inquietante beleza.
Mestres da Suma Sabedoria tornarão a vir à Terra, renovarão ensinamentos maravilhosos e ajudarão a estabelecer nova sociedade política, Renascerá o Paraíso Terrestre, pleno de Luz e Amor. Então, através dos meios e energias ora sequer supostos, o homem conhecerá os côncavo-convexos dimensionais da Terra, viajará às profundezas do Universo e não sentirá as canseiras do tempo. E, como sublime conquista da capacidade criadora humana, será posta em ação a máquina do Poder Absoluto, engenho que, entre muitos prodígios, dará à Humanidade a visão mais feliz e assombrosa de toda a sua história: a ressurreição dos mortos na faixa dos 4 xis.” 

Nenhum comentário:

Postar um comentário