segunda-feira, 9 de abril de 2012

Os sinais nas plantações



AGROGLIFOS de ontem e hoje

Vivemos em nossa região esse fenômeno que está se tornando comum, pois os trigais recebem as impressões deixadas por alguém ou algo com formas ou mensagens que o homem tenta decifrar.
Ipuaçu desde 2008 tem recebido essas ‘marcas’ nas plantações fazendo com que a comunidade volte os olhos aos fatos antes nunca registrados no Brasil.
Para tentar entender um pouco reproduzimos algumas imagens das formações desde os anos 90 na Inglaterra que é o local onde a cada ano as imagens tem se mostrado de uma complexidade tal que causa inclusive as dúvidas, pela tecnologia humana já pode fabricar.
Muitos adeptos do fenômeno nas plantações, os chamados ‘círculos nas plantações’ ou agroglifos, defendem a participação direta da tecnologia alienígena na confecção das marcas que reproduzem códigos, informações sobre planetas e vários temas sempre com as plantas sendo usadas para transmitir os sinais de algo superior em tecnologia e sem que a ciência terrena encontre uma explicação lógica para o verdadeiro sinal deixado nas plantas.
As explicações de possíveis fraudes são evidentes em todo o mundo, quando pessoas tentam ou reproduzem as marcas nas plantações de cereais para causar a dúvida da verdadeira autoria dos círculos que tem origem extraterrestre ou até de seres que já habitam o interior de nosso Planeta.
Formação em Ipuaçu, novembro de 2011
O importante disso tudo é que gera discussão, faz com que as pessoas passem a observar o assunto discos voadores com outro olhar, de expectativa sobre a verdadeira intenção desses visitantes e o porquê de marcar locais com as imagens representadas com o trigo ou cereais amassados sem danificar as plantas.
Algumas imagens das formações na Inglaterra e os sinais também complexos de Ipuaçu indicam de alguma forma que nesses locais outras pessoas já habitaram e hoje por algum motivo estão sendo ‘identificados’ para que possamos entender que não estamos sós e algo sim está para acontecer. Esse algo deve ser a maior aproximação de nossos ‘irmãos das estrelas’ e a sua participação na evolução do próprio ser humano que está em busca do seu aperfeiçoamento e não deve temer a presença quem sabe num futuro próximo de naves provenientes de outros planetas e dos que, como já se sabe habitam o interior da Terra e inclusive na própria questão espiritual e sua aproximação com o Creador do Universo.
Quem sabe 2012, um ano de muitos fatos anunciados possa trazer outras surpresas com manifestações de naves e seres vindos do espaço.


Ogbourne Maisey, Wiltshire
11th Jul 1991
Os 'ovos em uma panela "formação. 
  










Bishop's Sutton, Hampshire
20th Jun 1995

Formação de 'cinturão de asteróides "um complexo
 composto de quatro anéis e 96 círculos
 variados, formando um anel   















Silbury Hill, Wiltshire
23 de julho de 1997
Elaborar projeto 'Koch'
imagem de um floco de neve fractal.





















Woodborough Hill, Wiltshire
14 jul 2003

Uma forma bastante estranha, não
simetricamente em torno de um círculo
com um contorno quadrado dentro dela.  





















Roundway Hill - nr Devizes, Wiltshire
Relatado 29 de abril de 2009
Cinco anéis concêntricos centrais em torno de
um círculo central achatada com 18 arcos de roda
ramificando-se ao perímetro circular. 

Mede 230 pés de diâmetro.
Fonte: http://www.lucypringle.co.uk/photos/index.shtml







_____________________________________________________________________________




"Entre uma estrela e outra,
Somos todos irmãos"
Yohanam - Constelação de Órion